Donos das seguradoras têm lucros recordes e acenam com migalhas aos trabalhadores securitários

Exclusão de cláusulas, reajuste pífio abaixo da inflação e propostas sem impactos econômicos que beneficiem a categoria.

Esse foi o resultado da primeira reunião visando a Campanha Salarial dos Securitários realizada nesta quarta-feira (17/01) com os representantes da CNseg (Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização) para discutirem os rumos da Campanha Salarial 2024.

Representantes dos patrões ofereceram 3% (três por cento) de reajuste, proposta que foi prontamente rejeitada pelo Sindicato. Além desse número indecoroso e fora da realidade, os donos das seguradoras sugerem e exclusão de cláusulas já existentes e mudanças no pagamento da 13ª Cesta.

O Sindicato dos Securitários do Estado de São Paulo informa que dará andamento às negociações sempre visando a valorização da categoria. Uma nova rodada de negociação está prevista para a próxima semana, dia 23 de janeiro.

Acompanhe os informes da Campanha Salarial pelas redes sociais do sindicato:
Instagram @securitariosp ou pelo site www.securitariosp.org.br

Gostou desse artigo?

Share on facebook
Compartilhe pelo Facebook
Share on whatsapp
Compartilhe pelo WhatsApp

Deixe abaixo o seu comentário

Departamento Médico

Departamento Médico e Odontológico

Diversas soluções em um mesmo local.
Ajudamos você a conquistar seu melhor sorriso.