Securitário SP

Presidente rejeita flexibilizar a CLT

Dilma criticou medidas de combate à crise financeira internacional que, segundo ela, colocam a culpa no trabalhador

A presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição, rejeitou ontem a possibilidade de flexibilizar a atual legislação trabalhista e assegurou que o Brasil sairá do rescaldo da crise internacional com capacidade de crescer e gerar renda maior do que quando entrou.

_

Nós não temos que ficar achando... (que temos) de adaptar direitos trabalhistas. Adaptar direitos trabalhistas não mesmo, disse. O que nós temos que fazer é garantir que cada vez mais categorias tenham direitos, como é o caso das empregadas domésticas?, assegurou.

Dilma defendeu que o que está em disputa não é a escolha de pessoas, mas a de projetos, e que o eleitor terá de decidir se quer uma mudança para melhor ou para o modo antigo.

A petista reiterou ainda o seu compromisso de manter a política de valorização do salário mínimo e criticou medidas de combate à crise financeira internacional que, segundo ela, colocam a culpa nos trabalhadores. Não fui eleita e nem serei reeleita para desempregar trabalhador.

Sem mencionar o PSDB, partido do segundo colocado nas pesquisas para a Presidência, ela acusou o partido de ter colocado o país de joelho diante do Fundo Monetário Internacional quando esteve à frente do Palácio do Planalto.

A candidata petista atacou os pessimistas e lembrou que os temores em relação à realização da Copa no Brasil foram afastados. Nós vamos fazer uma campanha respeitosa, não precisamos xingar ninguém. Agora, é uma campanha que vai confrontar a verdade ao pessimismo que querem implantar no Brasil, que querem criar o ambiente de quanto pior melhor. Nós queremos um Brasil de quanto mais futuro melhor, disse Dilma.

De acordo com ela, o País enfrenta a maior crise desde 1929. O Brasil está enfrentando (a crise) de forma a garantir que nós sairemos dela com mais condições ainda de crescer e de distribuir renda do que tínhamos anteriormente.



Fonte: Diário do Nordeste

sexta-feira, 1 de agosto de 2014


Imprimir Enviar por email

Volte ao Topo

Av. Nove de Julho, nº 40, Bela Vista - SP

Cep.: 01312-000 Tel.: (11) 3259-0411

Sindicato dos Securitários do Estado de São Paulo.

2017 © Todos os direitos reservados

Clique e saiba como chegar

Desenvolvido por: LeSystem