Securitário SP

Securitário, peça revisão do seu FGTS


Atendendo à solicitação de inúmeros associados, o Sindicato dos Securitários está novamente ingressando com uma ação na Justiça para resgatar a correção monetária sobre os depósitos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço - FGTS,
não aplicada desde 1999.

Atualmente, o saldo das contas do fundo de garantia de todos os trabalhadores com carteira assinada é corrigido pela TR (Taxa Referencial) mais 3% ao ano. No entanto, esse cálculo não reflete a inflação. Com isso, os trabalhadores estão perdendo o poder de compra.

O custo para ingressar com a ação é de R$ 10,00 (dez reais) para associados e R$ 30,00 (trinta reais) para securitários não associados. Esse valor será recebido pelo Sindicato e encaminhado ao Escritório de Advocacia responsável junto com toda a documentação.

Tem direito a revisão todo brasileiro que tenha tido algum saldo em seu FGTS entre 1999 e 2013, esteja ele aposentado ou não.

O trabalhador securitário deve procurar o sindicato munido dos documentos abaixo:
Cópia da Cédula de Identidade
Cópia do Comprovante de endereço
Cópia do Cartão PIS/PASEP
Cópia da Carteira de Trabalho e Previdência Social
Extrato do Analítico do FGTS (fornecido pela Caixa Econômica Federal)
Carta de Concessão do Benefício (no caso dos aposentados).


O Sindicato dos Securitários está localizado na Avenida Nove de Julho, 40 - 8º andar - Bela Vista (ao lado do Metrô Anhangabaú).

O interessado em ingressar com a Ação na Justiça deve comparecer à Sede da entidade de segunda a sexta-feira, das 8h. às 12h. e das 14h. às 16h.

Mais informações pelo telefone (11) 3259-0411,ramais 233 e 209 com Rosana ou Sônia.



Fonte: www.securitariosp.org.br

terça-feira, 28 de março de 2017


Imprimir Enviar por email

Volte ao Topo

Av. Nove de Julho, nº 40, Bela Vista - SP

Cep.: 01312-000 Tel.: (11) 3259-0411

Sindicato dos Securitários do Estado de São Paulo.

2017 © Todos os direitos reservados

Clique e saiba como chegar

Desenvolvido por: LeSystem